Em 2009 a Klabin completou 110 anos! (post 08)

May 27, 2009 at 11:40 pm Leave a comment

Empresa recebeu a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para marcar a data.

A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, está fazendo 110 anos. A data foi marcada com uma visita do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, hoje (14), à principal unidade produtiva da empresa, localizada em Telêmaco Borba (PR). O presidente visitou a nova máquina de papel da Klabin, MP9, mais moderna máquina de papelcartão do mundo, inaugurada em setembro último, e participou da cerimônia pelos 110 anos da empresa.
noticiab_1192
“Quando eu vejo uma máquina de papel como essa da Klabin e fico sabendo que 75% das peças dessa máquina foram feitos no país, eu pergunto: quem é capaz de não acreditar no Brasil?”, comentou o presidente sobre o Projeto MA-1100 da Klabin.

Lula destacou também o privilégio de visitar uma empresa de 110 anos ressaltando dois aspectos para o sucesso de uma companhia como a Klabin. “Eu tenho convicção de que 50% dessa história foram construídos pela competência de uma boa gestão e os outros 50% pelo amor e dedicação de todos os profissionais da Klabin.”

“Eu saio da Klabin realizado por saber que o Brasil possui competência para ser líder no setor de papel e celulose no mundo”, declarou. E disse que os “60 milhões de hectares de áreas degradadas” existentes hoje no país podem abrigar o maior projeto de florestas plantadas do mundo, tornando o Brasil o maior produtor mundial de papel e celulose.

Atual líder nacional dos segmentos de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado e sacos industriais, a Klabin faz aniversário reunindo marcos importantes no desenvolvimento industrial do país, decisivos para impulsionar sua trajetória de empresa brasileira centenária.

“A Klabin colocou o Brasil na vanguarda da tecnologia de produção papeleira ao trazer as mais modernas máquinas disponíveis à época, técnicos especializados e todos os insumos que melhoravam a performance da celulose”, observa Miguel Lafer, presidente do Conselho de Administração da Klabin. “É com esse impulso permanente, movido pelo trabalho, pela busca do novo e da superação que a companhia atravessou décadas conhecendo avanços que trouxeram o vigor com que se expandiu – e inovou – ao longo do século 20”, afirma.

De fato, já na fundação da Klabin Irmãos e Cia., em 1899, os irmãos Maurício, Salomão e Hessel Klabin e o primo Miguel Lafer, imigrantes lituanos, enxergavam a necessidade de papel que o Brasil teria no futuro imediato e iniciaram a empresa adquirindo uma pequena tipografia e importando materiais de escritório.

A partir daí a empresa avança para consolidar sua vocação de indústria papeleira, importando da Europa modernas máquinas de papel, melhorando o desempenho da celulose e construindo sua primeira fábrica, que entra em operação na capital São Paulo. Nas décadas de 20 e 30, a Klabin Irmãos & Cia. tem grande impulso de crescimento e transforma-se num dos mais importantes grupos do país, se expandindo rapidamente e diversificando suas atividades.

Em 1946, é inaugurada no Paraná a Unidade Monte Alegre. A Klabin escrevia o primeiro capítulo da produção de papel em grande escala no Brasil e estabelecia um marco no desenvolvimento da indústria nacional, já que uma parcela da demanda de mercado interno de papel imprensa passa a ser suprida por uma empresa brasileira.

Com a fábrica do Paraná, um projeto inovador de manejo florestal começou a ser concebido e, nos anos 60, ganhou seu formato definitivo, que se tornou uma marca de sustentabilidade da Klabin no mundo antes mesmo de o termo ser difundido. Trata-se do mosaico florestal, forma pela qual a Klabin mescla suas áreas de florestas plantadas no PR com extensas áreas de matas nativas intactas, que preservam os corredores de biodiversidade e favorecem a proteção da fauna e flora locais.

A Klabin também avança no capítulo da governança – com a criação da nova lei de Sociedades Anônimas, em 1979, foi estabelecido o Conselho de Administração, que encaminhou o processo de profissionalização da empresa. E, no mesmo ano, a empresa dá início à negociação de suas ações em Bolsa de Valores de São Paulo, completando hoje 30 anos de abertura de capital.

Em 1998, tornou-se a primeira empresa do setor de papel e celulose do Hemisfério Sul a ter suas florestas certificadas pelo FSC (Forest Stewardship Council, no português Conselho de Manejo Florestal), selo verde mais reconhecido do mundo. Possui o certificado também para a Cadeia de Custódia de Cartões, Papéis para Embalagens, Sacos Industriais, Embalagens de Papelão Ondulado e Papéis Reciclados.

Em 2002, a Klabin passou por um profundo processo de reestruturação financeira que culminou com a venda de alguns ativos. Com isso, centrou seus negócios na fabricação de papéis e cartões para embalagem e embalagens de papel, foco atual dos negócios da empresa. Atua também na produção e comercialização de madeira em toras. Hoje a Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, respondendo por 75% dos embarques. Possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Segue sendo pioneira. Em setembro de 2008, a Klabin concluiu o seu Projeto MA-1100, uma nova fábrica de papelcartão, utilizado nas embalagens longa vida, de alimentos frigorificados ou a seco, produtos de limpeza, cosméticos e bebidas, entre outros.

Instalada na Unidade Monte Alegre, a fábrica, concebida como um projeto sustentável e, por isso, chamada de “fábrica ecológica”, ampliou a capacidade produtiva total da companhia de 1,6 milhão de toneladas anuais de papéis para embalagens para 2 milhões de toneladas anuais. Com investimento de R$ 2,2 bilhões, o Projeto MA-1100 transformou a Unidade Monte Alegre em uma das 10 maiores fábricas integradas de papel e celulose do mundo, posicionando a Klabin como a sexta maior fabricante global de cartões de fibras virgens. Neste início de século 21, novamente, a Kla.

Entry filed under: Uncategorized. Tags: .

Uma rápida análise do comportamento das ações da Klabin no mercado financeiro (post 07) Desmatamento – O outro lado da moeda (post 09)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Calendar

May 2009
M T W T F S S
     
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Most Recent Posts


%d bloggers like this: